…escreve um artigo sobre o encontro do G-20 e as saídas oferecidas para a crise. As soluções visam apenas reparar o sistema, não representam um repensar ou reinventar da sociedade. Os graves problemas: a crise do meio ambiente e a crise social, não foram resolvidos. Eu não conheço os escritos teológicos de Leonardo Boff. Mas se forem do mesmo nível argumentativo, do mesmo rigor intelectual e tão inspirados quanto seus escritos políticos, o Ratzinger pode ficar tranquilo. Esse é o drama da velha esquerda brasileira. A revolução não veio, o sistema continua se reinventando, e os grandes líderes dos países centrais quando se reúnem estão preocupados com a crise financeira. Revolução por delegação também não dá certo. Talvez quando Boff entender que o Neoliberalismo não é a expressão política do capitalismo, as coisas comecem a andar para a frente.