O que eu acho mais bizarro nessa estória toda sobre o artigo publicado pelo César Benjamin na Folha é que o César Benjamin tenha escrito aquele lixo. Que a Folha tenha publicado é apenas mais uma demonstração de que o editor perdeu a cabeça e não colocaram nada mais do que uma abóbora para colocar no lugar.