1. Na New York Review of Books, Ronald Dworkin explica porque a suprema corte americana agiu de má fé em sua controversa decisão de permitir que corporações doem dinheiro para campanhas eleitorais.