Ah sim, isso pode interessar os historiadores: alguns pensamentos a respeito de técnicas de fichamento e o trabalho do historiador, inspirados no Filippo Coarelli e ressuscitados por um artigo do Keith Thomas, lá no Antiguidades Romanas.