Não, esse não é um post para expor minha visão contundente e super cheia de insights sobre o Wikileaks ou seu guru-mor, Julian Assange. Essa opinião, o dia em que eu formar, eu discuto aqui. É só para linkar o interessantíssimo (e longuíssimo) artigo deBill Keller, editor executivo do New York Times, sobre as relações do NYT com a organização de Assange. Cheguei aí via o Daily Dish, que tem um post que (para variar – acho que porque Sullivan está de férias) defende o NYT. Na época dos vazamentos dos documentos diplomáticos muita gente boa ficou de má vontade com o Times (às vezes exagerada, apesar de não injustificada), mas o artigo (apesar de obviamente parcial) é interessante até por isso: por apresentar as razões para o comportamento do NYT.